A história do Kama Sutra

O Kama Sutra é um texto indiano, escrito por Vatsyayana Kamasutram, no início do século IV, que descreve o comportamento sexual humano. Seu conteúdo, voltado para a nobreza, é repleto de ensinamentos que visam elevar o espírito do homem em sua trajetória religiosa, além de conduzi-lo ao prazer através de posições eróticas.

Segundo a história, Kama representa o amor e o prazer, sendo uma das bases da religião hindu, enquanto que Sutra é um termo técnico que representa guia ou manual, transformando então Kama Sutra em ‘Manual do Amor’. Os outros pilares, Dharma e Artha, representam, respectivamente, mérito religioso e aquisição de riqueza. Os hindus acreditavam que as pessoas que praticassem os três pilares, sem se tornarem escravos da paixão, conseguiriam ter sucesso em todos seus negócios.

Sendo assim, o indivíduo que considerar os três elementos como sua inspiração,desfrutando das riquezas e dos prazer sexuais, sem se tornar escravo de ambos e perder a virtude religiosa, será recompensado com o sucesso. Embora, naquela época, as mulheres fossem submissas demais, o Kama Sutra não ignorava suas necessidades.

Posições do Kama Sutra

RSS